Biblioteca Digital do Patrimônio Iberoamericano

A Biblioteca Digital do Patrimônio Ibero americano (BDPI) é um projeto lançado pela Associação de Bibliotecas Nacionais da Ibero-América (ABINIA) que tem como objetivo a criação de um portal que permita a consulta unificada para acesso aos recursos digitais de todas as Bibliotecas participantes.

Untitled

Neste imenso acervo digital podem ser encontrados mapas, gravações de som, literatura, manuscritos, material de botânica, geografia, gastronomia, vida selvagem, partituras, entre outros. São acervos de 16 países reunidos. A Biblioteca Nacional do Brasil, por exemplo, disponibiliza mais de 400 mapas históricos.

Acesse o link : http://www.iberoamericadigital.net/pt/Inicio/

ANA disponibiliza nova plataforma de dados abertos sobre recursos hídricos

“Já está disponível a nova plataforma de Dados Abertos da Agência Nacional de Águas (ANA): dadosabertos.ana.gov.br. A página permite que toda a sociedade acesse dados e informações do Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (SNIRH) em formato aberto. Desta forma, os usuários do serviço têm à disposição dados processáveis por computadores e referenciados na internet. Assim, os conteúdos do SNIRH podem ser usados livremente, como para produção de aplicativos, desde que seja dado o devido crédito à fonte e ao autor – no caso, a ANA.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: ANA

Dados Epidemiológicos (SINANWEB)

O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) é alimentado, principalmente, pela notificação e investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória (PORTARIA Nº 204, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016), mas é facultado a estados e municípios incluir outros problemas de saúde importantes em sua região, como varicela no estado de Minas Gerais ou difilobotríase no município de São Paulo. Sua utilização efetiva permite a realização do diagnóstico dinâmico da ocorrência de um evento na população, podendo fornecer subsídios para explicações causais dos agravos de notificação compulsória, além de vir a indicar riscos aos quais as pessoas estão sujeitas, contribuindo assim, para a identificação da realidade epidemiológica de determinada área geográfica. (Fonte: Ministério da Saúde)

Os dados epidemiológicos do SINAN estão disponíveis para consulta e download. Acesse: http://portalsinan.saude.gov.br/dados-epidemiologicos-sinan