Infraestrutura de Dados Espaciais de Minas Gerais (IDE – SISEMA)

A Infraestrutura de Dados Espaciais do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IDE-Sisema), em consonância com a Resolução Conjunta SEMAD/FEAM/IEF/IGAM nº 3.147/2022, tem como objetivo promover a adequada organização dos processos de geração, armazenamento, acesso, compartilhamento, disseminação e uso dos dados geoespaciais oriundos das atividades, programas e projetos ambientais e de recursos hídricos desenvolvidos pelo Sisema e/ou órgãos, entidades e instituições externas. Trata-se de um modelo de gestão corporativa e compartilhada dos dados, padrões e tecnologias geoespaciais de seus órgãos componentes, implementado por Comitê Gestor, composto por setores técnicos especializados da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD), Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM), Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM). A coordenação executiva é realizada pela Diretoria de Gestão Territorial Ambiental da SEMAD. (FONTE: IDE SISEMA)

ACESSE:

https://idesisema.meioambiente.mg.gov.br/webgis

Bancos de Dados – Patrimônio Arqueológico, Histórico e Cultural

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério do Turismo que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras.

O IPHAN é responsável pelo Patrimônio Material, Imaterial, Arqueológico e Ferroviário. Além de ser responsável pelo Planejamento e Preservação de Cidades Históricas, bem como pela avaliação do impacto sobre o patrimônio histórico e cultural.

Para tanto, o IPHAN possui um Banco de Dados georreferenciado que pode ser encontrado no link:

http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/1701/

Calculo da Declinação Magnética

A agência NOAA disponibiliza uma calculadora para valores estimados de declinação magnética.

Fonte: NOAA

Segundo a NOAA, a declinação magnética é calculada usando o modelo mais recente World Magnetic Model (WMM) (ACESSE) da International Geomagnetic Reference Field (IGRF) (ACESSE). O Enhanced Magnetic Model (EMM) (ACESSE) é um modelo de pesquisa compilado de levantamentos magnéticos de satélite, marinhos, aeromagnéticos e terrestres que tenta incluir variações crustais no campo magnético. A NOAA alerta que os resultados da declinação são normalmente precisos até 30 minutos de arco, mas fatores ambientais podem causar distúrbios no campo magnético. A calculadora fornece uma maneira fácil de obter resultados em HTML, XML, CSV ou JSON .

Fonte: NOAA

Para acessar a calculadora vá em >> https://www.ngdc.noaa.gov/geomag/calculators/magcalc.shtml#declination

Acompanhamento dos Casos de Coronavirus (COVID19) em Niterói

O sistema traz informações sobre concentração de coronavírus no esgoto, acompanha também os casos de contaminação e a evolução do isolamento social na cidade. No link também é possível acessar dados a nível nacional e global.

Casos por semana epidemiológica
Coronavírus em amostras de esgoto

ACESSE >> LINK

GeoInea Municípios

Com o intuito de ajudar nesta cooperação, o Instituto Estadual do Ambiente criou este canal eletrônico contendo as informações espaciais dos municípios e consequentemente auxiliar no Planejamento e Gestão do espaço geográfico.

Nele, poderá acessar, consultar, efetuar análises e realizar o download das Geoinformações disponíveis para cada município. (Fonte: INEA)

ACESSE GEOINEA MUNICÍPIOS >> LINK

Webinar – Lançamento e mini capacitação no uso do Portal GEOINEA: