Arquivo da categoria: Dados para Download

Manual de Cartografia Hidrogeológica (CPRM)

untitledA Cartografia Hidrogeológica é uma área de estudo nova e fundamental para apresentar, através de produtos gráficos e de forma sintética, informações que permitem um maior conhecimento sobre a ocorrência, movimento, quantidade e qualidade das águas subterrâneas.

Referência: Diniz, João Alberto Oliveira Manual de cartografia hidrogeológica. / João Alberto Oliveira Diniz, Adson Brito Monteiro, Robson de Carlo da Silva, Thiago Luiz Feijó de Paula. – Recife: CPRM – Serviço Geológico do Brasil, 2014. 119p.

LINK DE DOWNLOAD

Novo Mapa Tectônico da América do Sul

carte-tectonique-de-l-amerique-du-sudA nova versão Mapa Tectônico da América do Sul é uma realização conjunta do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e do Serviço Geológico e Mineiro da Argentina (SEGEMAR), sob a égide da Comissão da Carta Geológica do Mundo (CGMW). O mapa atualiza as informações geológicas, geocronológicas, geofísicas, abrangendo ainda os tipos e idades das rochas, as características da crosta terrestre bem como a história geológica do continente Sul Americano. Adicionalmente, são apresentadas informações sobre as margens continentais e áreas oceânicas adjacentes ao continente. (Fonte: CPRM)

 

Clique aqui e faça o download do mapa.

Link para notícia completa: http://www.cprm.gov.br/publique/Noticias/Novo-Mapa-Tectonico-da-America-do-Sul-traz-informacoes-atualizadas-sobre-o-continente-4329.html

Limites das Unidades de Conservação Federais (atualizados 2016) – ICMBIO

O portal do ICMBIO oferece dados geoestatísticos atualizados em 2016 das unidades de conservação, em versões shapefile e kmz (google earth).

MapaUCSMaio_2016_Menor

Mapa: http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/servicos/geoprocessamento/DCOL/dados_vetoriais/MapaUCSMaio_2016_Menor.pdf

Link de acesso aos demais dados: http://www.icmbio.gov.br/portal/geoprocessamentos/51-menu-servicos/4004-downloads-mapa-tematico-e-dados-geoestatisticos-das-uc-s

Imagens Aéreas do Rio do Doce

“A catástrofe socioambiental provocada pelo rompimento de barragem da mineradora Samarco em Mariana (MG), no último dia 5/11, atingiu 663 km passando pelo Corrego Santarém, Rio Gualaxo do Norte, Rio do Carmo, Rio Doce até chegar no mar. Todos os trechos atingidos foram sobrevoados entre os dias 13 e 20 de novembro para avaliar a extensão do dano ambiental.” (siscom.ibama.gov.br)

sig_mariana

Link direto: http://siscom.ibama.gov.br/mariana/

DCIM103GOPRO

DCIM103GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Indicadores de Desenvolvimento Sustentável – Brasil 2015 / IBGE

liv94254_Page_001“A publicação Indicadores de desenvolvimento sustentável: Brasil 2015, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, dá continuidade à sua trajetória iniciada em 2002. A presente edição, como as demais, tem como orientação as recomendações da Comissão para o Desenvolvimento Sustentável – CDS (Commission on Sustainable Development – CSD) da Organização das Nações Unidas – ONU (United Nations – UN), com adaptações à realidade brasileira.

Os indicadores fornecem subsídios para o acompanhamento da sustentabilidade do padrão de desenvolvimento brasileiro nas dimensões ambiental, social, econômica e institucional, oferecendo um panorama abrangente de informações necessárias ao conhecimento da realidade do País, ao exercício da cidadania e ao planejamento e formulação de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável. Os temas são variados e a matriz de relacionamentos entre os diferentes indicadores, apresentada ao final da publicação, enfatiza a natureza multidimensional do desenvolvimento sustentável, mostrando a importância de uma visão integrada.

Os 63 indicadores, produzidos com dados adquiridos nas pesquisas do IBGE e de diversas outras instituições, procuram mensurar, em seus aspectos essenciais, as qualidades ambiental e de vida da população, o desempenho macroeconômico do País, os padrões de produção e consumo e a governança para o desenvolvimento sustentável.

Os indicadores são apresentados em fichas metodológicas, com informações necessárias ao seu entendimento, acrescidas de quadros, gráficos e mapas.

O desenvolvimento sustentável prossegue demandando informação, de modo a preencher as lacunas existentes e a incorporar novas questões, que vão sendo debatidas em âmbito internacional, o que se reflete em todas as edições já publicadas, com a introdução de novos indicadores não presentes em edições anteriores ou em novas abordagens para indicadores já existentes, se adaptando a necessidades contemporâneas.”

Fonte: Indicadores de desenvolvimento sustentável : Brasil : 2015 / IBGE

liv94254_Page_006liv94254_Page_007

liv94254_Page_008

 

 

 

 

 

 

LINK: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv94254.pdf