Remote Pixel – Imagens de Satélite para download

Acesse, escolha a cena e faça o download. Simples assim!

Cenas Landsat 8
Escolha a cena
Faça o Download das Bandas

Acesse https://search.remotepixel.ca/#3/40/-70.5

Ou então, use o sistema RemotePixel Viewer e faça a composição on line

Infravermelho de Brasília
NDVI

Acesse: https://viewer.remotepixel.ca/

LAND VIEWER

O Land Viewer é uma interface web simples e intuitiva que a EOS oferece como produto de mercado direto para o público. Podem visualizadas diferentes combinações de bandas. Contudo, embora esteja aberto ao público o usuário gratuito tem limitações de uso, são elas:

  •  Pesquisa ilimitada de imagens
  •  Veja até 10 imagens por dia
  •  Combinações de bandas ilimitadas
  •  Baixe até 10 imagens por dia via EOS storage
  •  Notificações de e-mail para 1 AOI
  •  Downloads JPEG de tamanho pequeno

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para desfrutar do sistema acesse: https://eos.com/landviewer/?s=Landsat5(TM)

Para conhecer os preços e pacotes: https://eos.com/landviewer/account/pricing

Potencial do CBERS-2 para mapeamento de cobertura do solo no Cerrado

Através deste post estou inaugurando uma nova série de informações no Blog, trata-se da exposição de trabalhos apresentam resultados e metodologias utilizando diferentes tecnologias de imageamento. A dissertação de hoje observa as condições de mapeamento da cobertura do solo no Cerrado, apresentando potencialidades e restrições da tecnologia. Trata-se do trabalho “Desempenho do satélite sino-brasileiro de recursos terrestres (CBERS-2) no mapeamento da cobertura de solos do cerrado brasileiro (2006)” de Bezerra, H. da S. . Para download do arquivo PDF, clique aqui e para acesso a página oficial do projeto CBERS o link é http://www.cbers.inpe.br/

Cuiabá – MT – Sensor: CCD/CBERS-2 // Órbita Ponto: 166-117
Composição: R3G4B2//Data: 22/12/2003 (Fonte CBERS/INPE)

Eliminando a Faixa Preta de Imagens de Satélite (LANDSAT, CBERS…)

As imagens de satélites, costumam a apresentar um background negro e quando sobrepostas encobrem a imagem daquela que ficar no plano de informação inferior.

Muitas vezes, para resolver este tipo de problema os usuários simplesmente vão até as propriedades da imagem e indicam que os pixels 0,0,0 devem ser mostrados como “no color“. Muitas vezes é uma solução sim, simples, rápida e prática. Entretanto, quando o background não tem diferenciação da área que de fato corresponde à imagem, acontece como na figura abaixo.

Neste caso, a solução então seria retirar a borda da imagem. Vou descrever o passo a passo no Arc Gis, buscando a solução mais simples, que entretanto não é a única.

  1. Crie um polígono com a área que está imageada, deixando totalmente de fora a área preta da borda. Não se esqueça de definir a projeção do arquivo.
  2. Abra o ARC TOOL BOX >> Spatial Analist Tools >> Extraction >> Extract by mask
  3. Selecione para o “input raster” a imagem que será recortada
  4. Selecione para o “input raster or feature mask data” o arquivo com a área que será usada para o recorte.
  5. No campo “output raster” indique a direção e o nome do arquivo de saída.
  6. Execute

E o resultado é este:

Outros softwares, como Spring e ENVI, também executam este procedimento, não com estes passos obviamente. No ENVI, por exemplo, há duas opções mais simples, uma seria o Region of Interest, mas o caminho é mais longo. Para ter um arquivo ROI (Region of Interest) o usuário deve transformar o shapefile da área no formato vector do envi (evf) e então criar um ROI. A segunda opção seria fazer o recorte espacial “spatial subset” diretamente do arquivo vetor.

Apesar de preferir softwares específicos para trabalhar com imagens, esta função se mostrou mais prática e sem déficit de qualidade no GIS.