Tags

, , , ,

O Instituto Jones dos Santos Neves – IJSN, por meio de sua Coordenação de Geoespacialização, juntamente com o Departamento de Geografia da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, tem a satisfação de apresentar à sociedade capixaba, os resultados oriundos do Projeto Mapeamento Geomorfológico do Espírito Santo, que teve como missão aumentar a precisão do Mapeamento Geomorfológico realizado pelo Projeto RADAMBRASIL, no inicio da década de 80. O relatório e o mapa de Morfoestruturas, Regiões
e Unidades Geomorfológicas a seguir, são fruto do avanço e da otimização de materiais e métodos que as inovações tecnológicas propiciaram à área de estudos naturais. Os dados encontram-se na projeção Universal Transversa de Mercator (UTM), Zona 24 Sul com parâmetros de datum adotados referentes ao Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS 2000).

“Utilizou-se inicialmente, produtos do Projeto Radambrasil, como os mapas Geomorfológicos em escala de 1:250.000, Mapas Geomorfológicos e Geológicos em escala de 1.000.000 nos volumes 32 e 34; Relatórios dos Volumes 32 e 34 no formato analógico e digital (RADAMBRASIL, 1983 e 1987) e consulta no Manual Técnico de Geomorfologia (IBGE, 2009).

O procedimento de delimitação das unidades de relevo se deu com emprego da técnica de edição vetorial em tela, consultando os mapas geomorfológicos em escalas 1:250.000 e 1:1.000.000 digitalizados, mosaicados e georreferenciados, um Modelo Numérico do Terreno – MNT, derivado dos dados do radar interferométrico da missão SRTM (Shuttle Radar Topography Mission), com 90 metros de resolução espacial, abrangendo o Espírito Santo (EMBRAPA, 2005), e imagens orbitais do sensor TM / Landsat 2010 (IJSN, 2010) com resolução espacial de 30 x 30m, compostas nas bandas RGB colorido com a combinação da banda 1 associada ao filtro azul, banda 2 ao filtro verde e a banda 4 ao filtro vermelho (2B; 3G; 4R), correspondendo, respectivamente, aos comprimentos de ondas azul, verde e vermelho. Nesta composição foram realçadas as características da água (tons de azul escuro ao roxo), do solo e áreas urbanizadas (tons de azul) enquanto a vegetação apresenta tons de verde.

Para o detalhamento das unidades menores consultou-se as fotografias aéreas ortorretificadas com resolução espacial de 1 x 1m do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – IEMA/ES (2007/2008), além do mapa de declividades e rede de drenagem derivados dos dados da Missão SRTM.”

 Instituto Jones dos Santos Neves, Mapeamento geomorfológico do estado do Espírito Santo. Vitória, ES, 2012.

 DOWNLOAD

Anúncios