Mapeamento Geomorfológico do Estado do Espírito Santo

O Instituto Jones dos Santos Neves – IJSN, por meio de sua Coordenação de Geoespacialização, juntamente com o Departamento de Geografia da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES, tem a satisfação de apresentar à sociedade capixaba, os resultados oriundos do Projeto Mapeamento Geomorfológico do Espírito Santo, que teve como missão aumentar a precisão do Mapeamento Geomorfológico realizado pelo Projeto RADAMBRASIL, no inicio da década de 80. O relatório e o mapa de Morfoestruturas, Regiões
e Unidades Geomorfológicas a seguir, são fruto do avanço e da otimização de materiais e métodos que as inovações tecnológicas propiciaram à área de estudos naturais. Os dados encontram-se na projeção Universal Transversa de Mercator (UTM), Zona 24 Sul com parâmetros de datum adotados referentes ao Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS 2000).

“Utilizou-se inicialmente, produtos do Projeto Radambrasil, como os mapas Geomorfológicos em escala de 1:250.000, Mapas Geomorfológicos e Geológicos em escala de 1.000.000 nos volumes 32 e 34; Relatórios dos Volumes 32 e 34 no formato analógico e digital (RADAMBRASIL, 1983 e 1987) e consulta no Manual Técnico de Geomorfologia (IBGE, 2009).

O procedimento de delimitação das unidades de relevo se deu com emprego da técnica de edição vetorial em tela, consultando os mapas geomorfológicos em escalas 1:250.000 e 1:1.000.000 digitalizados, mosaicados e georreferenciados, um Modelo Numérico do Terreno – MNT, derivado dos dados do radar interferométrico da missão SRTM (Shuttle Radar Topography Mission), com 90 metros de resolução espacial, abrangendo o Espírito Santo (EMBRAPA, 2005), e imagens orbitais do sensor TM / Landsat 2010 (IJSN, 2010) com resolução espacial de 30 x 30m, compostas nas bandas RGB colorido com a combinação da banda 1 associada ao filtro azul, banda 2 ao filtro verde e a banda 4 ao filtro vermelho (2B; 3G; 4R), correspondendo, respectivamente, aos comprimentos de ondas azul, verde e vermelho. Nesta composição foram realçadas as características da água (tons de azul escuro ao roxo), do solo e áreas urbanizadas (tons de azul) enquanto a vegetação apresenta tons de verde.

Para o detalhamento das unidades menores consultou-se as fotografias aéreas ortorretificadas com resolução espacial de 1 x 1m do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – IEMA/ES (2007/2008), além do mapa de declividades e rede de drenagem derivados dos dados da Missão SRTM.”

 Instituto Jones dos Santos Neves, Mapeamento geomorfológico do estado do Espírito Santo. Vitória, ES, 2012.

 DOWNLOAD

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s